Desde 1984
Geral
17 de Janeiro de 2021
'Eu não sou cobaia, sou participante de pesquisa e estou muito orgulhosa'
Nelson Almeida AFP
Primeira brasileira a tomar vacina contra a Covid
Do Jornal O Tempo - Brasil e Mundo

Enfermeira Mônica Calazans recebeu, neste domingo, a primeira dose da vacina contra a Covid-19 no Brasil

A enfermeira Mônica Calazans, primeira brasileira a receber a vacina contra a Covid-19 em território nacional, disse, na coletiva de imprensa realizada neste domingo (17), que chegou a ser criticada por ter aceitado a ser a primeira a tomar a primeira dose do imunizante.

“Eu fui criticada com piadinha, com memes, me chamaram de cobaia. Eu não sou cobaia, sou participante de pesquisa e estou muito orgulhosa“, disse Mônica.

Ainda na entrevista, a profissional da saúde falou para que as pessoas não tenham medo de se vacinarem. 'Meu nome tá aí no mundo todo. [Tenho] 54 anos, sou negra, brasileira e participante de vacina. Vamos nos vacinar. Não tenham medo', afirmou.



Mônica está há oito meses na linha de frente do combate ao coronavírus no Hospital Emílio Ribas. Ela é negra, moradora de Itaquera (zona leste), com perfil de alto risco para complicações da covid-19. Ela é obesa, hipertensa e diabética.

Apesar de se enquadrar nessas condições, em maio do ano passado, no auge da primeira onda da doença, ela se inscreveu para vagas de CTD (Contrato por Tempo Determinado), escolhendo trabalhar no Emílio Ribas, no epicentro do combate à pandemia.