Desde 1984
Geral
16 de Janeiro de 2021
Enem na pandemia: Mais de 4 mil devem circular em Monlevade
Cidade está na Onda Vermelha

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será realizado neste domingo (17), a partir das 13h. João Monlevade será sede para aplicação de provas e receberá cerca de 4 mil pessoas, entre inscritos, acompanhantes e pessoas que fazem parte da logística do Exame.

Dez escolas da cidade foram selecionadas para sediar as provas. Sendo as municipais Israel Pinheiro (Emip) e Cônego Higino de Freitas, além das estaduais Geraldo Parreiras, Antônio Papini, Jenny Faria, Rúmia Maluf, bem como as da rede particular Centro Educacional Roberto Porto (Cerp- núcleo Avenida Getúlio Vargas ), Rede Doctum, Colégio Kennedy e Colégio de Estudos Supletivos (Cesp).

Campanha educativa

Diante da grande circulação de pessoas neste domingo, a Prefeitura de João Monlevade preparou algumas ações com objetivo de conscientizar os participantes e a própria população.

Carros de som vão passar pelos trajetos e entornos dos locais das provas durante o período que antecede a abertura dos portões e ao final do horário dos exames. A mensagem é educativa e pede aos estudantes para evitar as aglomerações e que ao terminarem as provas sigam para casa: “Ei você que está fazendo o Enem. Pense em quem está em casa, seus pais, avós e irmãos. Ao terminar as provas vá direto para casa . Evite aglomerações. Não coloque em risco a sua vida e a da sua família. Por você e pelos outros use máscara, mantenha o distanciamento social e aglomerações. É hora de segurar a onda. Uma campanha pela vida ”, traz a mensagem sonora.

Além disso, serão afixadas faixas próximo aos locais das provas, com mensagens de apelo para que, ao finalizar os testes, os inscritos não permaneçam nos locais e nem criem aglomerações: “Não leve o coronavírus para casa. Use máscara e evite aglomerações. Uma campanha pela vida”, são os dizeres do alerta.

Fiscais

Fiscais Covid também circularão nas proximidades dos locais de provas para orientar e coibir a aglomeração. Além disso, eles vão percorrer bares e restaurantes para evitar que pessoas se concentrem nesses locais.

Onda Vermelha

Desde o mês de dezembro do ano passado João Monlevade está na Onda Vermelha do Programa Minas Consciente, do Governo de Minas Gerais. Na prática, a iniciativa obriga que o município adote, entre outras medidas, ações restritivas de circulação de pessoas para conter a pandemia do coronavírus.

Parceiros

A campanha educativa da Prefeitura de João Monlevade conta com parceria da Acimon e Enscon, responsável pelo transporte público na cidade. A empresa opera neste domingo com estrutura especial para atender a demanda e evitar aglomerações.

A Prefeitura vem desenvolvendo uma sistemática campanha solicitando apoio de toda população para evitar que medidas drásticas, como o fechamento total da cidade aconteça.