Desde 1984
Região
16 de Janeiro de 2021
Liminar suspende alternância de clientes por CPF em supermercados de Itabira
O rodízio de consumidores por dígito final de CPF nos supermercados de Itabira está suspenso. Na noite desta sexta-feira (15), a juíza Karen Castro dos Montes, da 1ª Vara Cível de Itabira, concedeu uma liminar favorável à Associação Mineira de Supermercados, que impetrou um mandado de segurança contra a alternância.

Em nota publicada em seu portal na internet, a Prefeitura de Itabira diz que 'acatará a decisão judicial liminar, mas ressalta o momento delicado de escalada no número de infectados não somente no município, como em toda região, no estado e no Brasil'. O Executivo itabirano também diz que 'irá intensificar o cumprimento das medidas sanitárias preconizadas pelo programa Minas Consciente, com imposição, se necessário, das sanções previstas no Decreto 0115/2021'.

Incluído num pacote de medidas destinadas a prevenir o contágio do coronavírus, o rodízio preconizava que os portadores do Cadastro de Pessoa Física (CPF) com último dígito par somente poderiam ir aos supermercados e congêneres nos dias pares. Já nos dias ímpares, somente poderiam comprar aqueles que tivessem o último dígito do CPF ímpar. Segundo a Prefeitura de Itabira, essa medida diminuiria o fluxo de compradores nas ruas e ampliaria o tempo para higienização, reduzindo assim a propagação do vírus