Desde 1984
Região
14 de Janeiro de 2021
Nozinho se reúne com a Cemig para melhorar energia elétrica do município
AcomPMSGRA
Reunião no gabinete tratou de resolver problema da energia elétrica no município
<p class='ql-align-justify'>O prefeito de São Gonçalo do Rio Abaixo, Raimundo Nonato Barcelos, Nozinho (PDT) se reuniu virtualmente com o gerente da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), Lucimar Lucas Queiroz para tratar de demandas do município em relação à energia elétrica. A reunião , na manhã de quarta-feira (13), também contou com a participação dos secretários de Desenvolvimento Econômico, Maria Inês de Araújo Moreira; de Obras e Serviços Urbanos, Eduardo José Quaresma e de Fazenda, Renata Castro Barcelos. Durante as visitas do prefeito Nozinho à comunidade são-gonçalense, a energia elétrica era um dos gargalos encontrados para atender a população e também para concluir projetos importantes relacionados ao desenvolvimento do município. De acordo com Lucimar, já está em fase final a construção de um novo alimentador de 5 MVA para atender o município. “Tivemos alguns empecilhos durante a construção desse alimentador, o que atrasou nosso trabalho, mas está previsto para ficar pronto em março de 2021”, disse.

Nozinho informou que fará um diagnóstico das demandas relacionadas a energia elétrica do município. “Vamos elaborar um diagnóstico da situação do munícipio, saber das demandas e repassar. E contamos com a parceria para Cemig para nos orientar e nos ajudar a resolver essas questões”, ressaltou o prefeito.

O gerente explicou que a Cemig está à disposição do município e a importância do diálogo para regularizar o que está pendente e agilizar novos processos. “A Cemig não quer ser um entrave no andamento dos processos e sim, a solução”, afirmou. Para a secretária de Desenvolvimento Econômico, Maria Inês, se tudo caminhar como foi discutido, “teremos uma grande evolução em muitos setores. Esperamos que a partir de março, com a duplicação da capacidade de energia elétrica do município, aliado ao diagnóstico que vamos realizar, consigamos realizar nossos projetos da melhor forma possível e regularizar todas as pendências”, disse a secretária.