Desde 1984
Geral
02 de Dezembro de 2020
Prefeitura reforça atendimento no Centro de Referência para a Covid-19 e rebate críticas
A Prefeitura de João Monlevade publicou nesta quarta-feira (2) uma nota de esclarecimento sobre o Centro de Referência para a Covid-19, montado no andar superior da Secretaria de Saúde, no bairro Belmonte. Segundo o texto, o dia de ontem foi de movimento acima do normal na unidade, com mais de 150 atendimentos, enquanto que o habitual orbita entre os 40 e os 70.

O Executivo diz que percebeu a sobrecarga, conversou com o público e colocou mais cadeiras para as pessoas se sentarem mais afastadas, inclusive na área externa. Para aliviar a demanda, mais uma médica foi chamada para fazer os procedimentos. Normalmente, um médico extra atende ao público às segundas, quartas e sextas-feiras, mas agora esse profissional estará a postos nos outros dias da semana, auxiliando o titular.

Críticas

A prestação do serviço na unidade foi alvo de críticas, difundidas através das redes sociais, que apontavam para o desconforto dos usuários e a falta de circulação de ar no ambiente. As críticas acontecem justamente num período de acentuado crescimento na difusão do coronavírus, com 45 casos confirmados somente nesta terça-feira (1º) e quatro mortes com a doença comprovadas em seis dias.

Por fim, a nota pede que a comunidade persista nas medidas de prevenção à Covid-19, com o uso de máscaras, higiene pessoal e fuga das concentrações de pessoas. Quem apresentar qualquer sintoma de gripe, mesmo que sem agravantes, deve procurar o Centro de Referência, que funciona das 7 às 17 horas na avenida Getúlio Vargas, 2.640, no bairro Belmonte.