Desde 1984
Geral
26 de Novembro de 2020
Com três confirmados e 15 suspeitas, Margarida faz alerta por prevenção à Covid-19
Lorena Silvestre

O Hospital Margarida divulgou nesta quinta-feira (26) um comunicado pedindo à comunidade de João Monlevade que reforce os cuidados de prevenção ao coronavírus. Pela primeira vez desde o início da pandemia, a Casa de Saúde está próxima do limite da capacidade de tratamento da Covid. O hospital dispõe de 14 leitos de enfermaria no quarto andar e 10 no Centro de Terapia Intensiva (CTI). No Ambulatório, são cinco leitos de CTI e três de enfermaria.

No texto, a casa de saúde pediu que a população evite aglomerações, higienize constantemente as mãos, mantenha o distanciamento social, use máscaras e fortaleça a imunidade. O Margarida diz ainda que não mede esforços ou recursos para atender à comunidade de João Monlevade e do Médio Piracicaba.

De acordo com o boletim divulgado pelo hospital às 9 horas desta quinta-feira (26), três pacientes estão internados no Centro de Terapia Intensiva (CTI) com a doença confirmada. No entanto, outras quinze pessoas estão na casa de saúde com suspeita da doença. Dessas, 11 estão no ambulatório, sendo nove moradores de João Monlevade e outros dois de outros municípios. Duas pessoas estão no CTI com a Covid-19 em investigação, situação semelhante a de mais dois monlevadenses, internados na enfermaria.