Desde 1984
Geral
24 de Novembro de 2020
Começa a transição para o novo governo em João Monlevade
Lorena Silvestre
Será anunciada nesta terça-feira (24) a comissão de transição da Prefeitura de João Monlevade. Até o dia 18 de dezembro, representantes da atual e da futura gestões irão trocar informações e documentos para dar ao futuro governo de Laércio Ribeiro (PT) pleno conhecimento sobre a situação interna da Prefeitura. Na tarde desta segunda-feira (23), foi realizada uma reunião para acertar os nomes de ambos os lados.

Pela atual gestão, os nomes apontados são o da procuradora jurídica do município, Racíbia Moura; do secretário de Fazenda, Tiago Duarte; da secretária de Administração, Marlene Pessoa; da diretora-presidente da Fundação Casa de Cultura, Claira Ferreira; e Angélica Drummond, do setor de licitações. O coordenador é o assessor da Secretaria de Planejamento Eduardo Bastos.

Já pelo governo que será empossado, os nomes são os do vice-prefeito Fabrício Pinto Melo Lopes, Cristiano Vasconcelos de Araújo, Hugo Lázaro Marques Martins, Geraldo Magela Gonçalves, Marinete da Silva Morais, José Firmo do Carmo Júnior (o Juninho da Cemig), Maria do Sagrado Coração Rodrigues Santos, Marco Antônio Penido Simas, Fernando Barbosa, Nádia Cota Guimarães, Geraldo Vieira Amaral, Amélia do Rosário Barbosa, Nadja Lírio Furtado, Geraldo Miguel de Souza. O coordenador é Geraldo Giovani Silva, chefe de gabinete durante a primeira gestão de Laércio Ribeiro (1997-2000).

Os nomes apontados pelo novo governo sugerem uma prévia do que pode ser a gestão municipal a partir de 2021. Cristiano Vasconcelos, por exemplo, já foi procurador jurídico da Prefeitura, enquanto Geraldo Amaral ocupou a diretoria-geral do Departamento Municipal de Águas e Esgotos (DAE) e a médica Amélia Barbosa já presidiu o Conselho Municipal de Saúde. A cantora Nadja “Duca” Furtado é militante cultural, enquanto o jornalista Geraldo Magela “Dindão” Gonçalves é ativista da causa ambiental na área de Comunicação e Maria do Sagrado Coração é professora. Nádia Guimarães também foi secretária de Assistência Social. O decreto que oficializa a Comissão de Transição deve ser assinado ainda nesta terça-feira (24) pela atual prefeita, Simone Carvalho (PTB).