Desde 1984
Geral
20 de Novembro de 2020
Idosos exercem direito e votam
Apesar de não serem obrigados por lei a votar, muitos idosos acima dos 70 anos fizeram questão de ir às urnas neste domingo (15). Quebrando a quarentena e cumprindo todas as recomendações de higiene, muitos falaram do orgulho de exercer a cidadania.

Mesmo com uma bengala, a dona Teolinda de São José, 84, compareceu à sua seção, na Escola Estadual Luiz Prisco de Braga, acompanhada da filha Simone. Ela diz que saiu de casa especialmente para registrar sua escolha. Dona Eugênia Nascimento Pereira, 89, também não renunciou ao seu direito e fez questão de ir à Escola Municipal Israel Pinheiro (Emip).

Se tudo em 2020 foi afetado pela Covid-19. Dalila Gomes Pereira, 91, é exemplo de superação. Ela precisou ser internada depois de contrair o coronavírus, mas superou a doença e recuperou a saúde. No domingo, ela fez questão de procurar a sua seção, instalada na Escola Estadual Dona Jenny Faria, e registrar o seu voto.

Em Alvinópolis, Terezinha Felícia Pereira, de 82 anos, também fez questão de participar das eleições deste ano. Ao jornal estado de Minas, ela disse que votar significa 'estar viva' e afirmou ter orgulho. “Quando a gente não vota, parece que a gente não existe, né?”, disse.