Desde 1984
Geral
16 de Novembro de 2020
Laércio e Fabrício comemoram vitória em Monlevade
Apesar do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ainda não divulgar os dados oficiais, o petista Laércio Ribeiro e seu vice Fabrício Lopes, do Avante, já comemoram a vitória. Eles estavam na residência da mãe de Fabrício, Helenita Melo Lopes, no bairro Vila Tanque, onde o A Notícia acompanhou a comemoração, e seguem agora em carreata. Eles apuraram os votos através dos boletins de urnas liberados pelo Cartório Eleitoral.

Depois de 20 anos e duas tentativas falhadas de voltar à Prefeitura, Laércio governará João Monlevade até 31 de dezembro de 2024. Fabrício continuará como vice, mas em outro grupo político, fato inédito na história de Monlevade. A mãe dele, Helenita Melo Lopes, até o início da campanha ocupava cargo de confiança no atual governo municipal, sendo chefe da Fundação Cre-Ser.

Laércio e Fabrício montaram a coligação “Juntos por Monlevade – Para Cuidar das Pessoas” com seis partidos: PT, PCdoB, MDB, Democratas, Avante e Podemos.

Histórico

Laércio José Ribeiro nasceu a 11 de agosto de 1951 em Dores do Indaiá (MG), graduou-se em Medicina e é casado com Rosângela Ribeiro. Foi secretário de Saúde durante a gestão de Leonardo Diniz (PT, 1989-1992). Em 1996, ele foi eleito prefeito de João Monlevade, sucedendo ao terceiro mandato de Germim Loureiro, ocupando o cargo entre 1997 e 2000, quando teve Gentil Bicalho como vice-prefeito. No fim de 2000, tentou reeleger-se, mas foi derrotado por Carlos Moreira (PTB), que novamente impediu sua volta à Prefeitura em 2004, quando concorreu ao lado de Djalma Bastos.

Ausente das eleições de 2008, Laércio voltou à disputa em 2012, quando inverteu a chapa vitoriosa em 96 e foi vice de Gentil; os dois sofreram uma derrota maiúscula aplicada por Teófilo Torres (PSDB) e Railton Franklin. Rompido com o prefeito, Railton concorreu à Prefeitura tendo Laércio como vice em 2016, mas a estreita diferença de 126 votos obtida por Simone Carvalho (PSDB) e Fabrício Lopes lhes tirou o sonho.