Desde 1984
Região
09 de Outubro de 2020
Em Rio Piracicaba, Dr. Gentil é condenado por improbidade administrativa
O ex-prefeito e candidato à Prefeitura de Rio Piracicaba nas eleições deste ano, Gentil Alves Costa, o Dr. Gentil (PSDB), foi condenado por improbidade administrativa e a pagar uma multa correspondente a cinco vezes o valor de seu salário como chefe do Executivo. O valor total é de cerca de R$85 mil. O processo é referente à contratação de funcionários temporários. A decisão contou com os votos dos desembargadores Jair Varão e Maurício Soares, além do relator, Judimar Biber. Segundo a decisão, Gentil não perde os direitos políticos e pode continuar sua campanha para voltar à Prefeitura. Mas, além da multa, terá de pagar as custas processuais e honorários advocatícios.

De acordo com o acórdão do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), Gentil permitiu que servidores fossem admitidos em 2014 e 2015 através de processos seletivos simplificados sem a prestação de provas práticas, mas apenas com as provas de títulos, o que contraria a legislação. Em sua defesa, apontando para os editais, o ex-prefeito alegou que os testes foram dispensados porque, nos processos seletivos anteriores, não apareceram candidatos habilitados em número suficiente. Não cabe recurso da decisão. Recentemente, ele também foi multado por propaganda irregular no valor de R$ 5mil.