Desde 1984
Polícia
11 de Setembro de 2020
PC investiga quatro por venda de lotes de terceiros em Monlevade
A Polícia Civil investiga crime de venda de lotes em João Monlevade. Na semana passada, foram cumpridos vários mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça em meio a uma investigação de estelionato, envolvendo venda de lotes nos bairros Cidade Nova e Nova Aclimação. Foram recolhidas placas de “vende-se este lote”, um cheque furtado, celulares, uma planta falsa de um loteamento, contratos de compra e venda de imóveis, diversos documentos e o carro de uma das vítimas.

Uma das pessoas enganadas contou que foi procurada por uma pessoa que oferecia lotes, e após assinar um contrato de compra e venda, pagou R$20 mil e ainda transferiu um veículo para pagar a aquisição. No entanto, ao procurar o setor de IPTU da Prefeitura, descobriu que a propriedade estava em nome de outra pessoa. O legítimo dono sequer tinha conhecimento de que seu terreno estava à venda.

A suspeita é de que os responsáveis pelo crime tenham vendido o mesmo lote a outras pessoas. Após o cumprimento dos mandados de busca e apreensão, um segundo veículo foi apreendido na residência dos suspeitos e, após investigação, apurou-se que a vítima também havia repassado seu veículo em troca de dois lotes “vendidos” pelos investigados. Eles usavam perfis falsos em redes sociais para atrair clientes e oferecer os imóveis.

Quatro pessoas são investigadas, e a PC representou pela prisão delas, por entender que elas poderiam comprometer a apuração. Elas teriam oferecido lotes nos bairros Cidade Nova e Nova Aclimação a R$40 mil. Por conta disto, a Polícia Civil chama a todos que compraram lotes nesses bairros por contrato de compra e venda a procurarem a delegacia. Os trabalhos foram conduzidos pela delegada Monique Morais Bicalho, pelos investigadores Anderson, Adailton, Admilson, Eliel, Luany, Viviane e pela escrivã Cláudia Geralda Cota Araújo.