Desde 1984
Região
09 de Julho de 2020
Itabira vai testar população por sorteio
Prefeitura de Itabira
Inquérito epidemiológico avalia evolução da covid-19

A Prefeitura de Itabira anunciou que vai aplicar 9.408 testes rápidos na população, escolhida por sorteio, abrangendo todas as regiões do município. A partir de segunda-feira (13), a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), inicia o inquérito epidemiológico para mensurar a evolução do novo coronavírus na cidade.

Os testes são viabilizados em parceria com a Vale e têm entrega acertada para esta sexta-feira (10). O planejamento, segundo a Prefeitura, contempla a realização de 2.352 testes por ciclo (quatro, ao todo, com intervalos de 15 dias). A primeira rodada ocorre entre 13 e 17 de julho.

O público-alvo será selecionado por meio eletrônico e contatado por cada uma das 32 equipes do Programa Saúde da Família (PSF) de referência. Grupos de risco, como idosos e pessoas com comorbidades, serão testados em casa (os demais poderão ser chamados para realizarem o teste na unidade de saúde). Ao menos 10 veículos serão empenhados nas testagens in loco e mais 13 enfermeiros foram mobilizados para reforçar o trabalho das equipes.

“Cada unidade de saúde atende um território de aproximadamente quatro mil pessoas. Faremos a testagem em amostras randomizadas, incluindo todos os grupos etários. No término do inquérito, saberemos como está o ritmo de propagação do vírus”, explica Rosana Linhares, secretária municipal de Saúde. A iniciativa permitirá avaliar a curva do contágio, acompanhar a evolução da doença e adotar ou reavaliar medidas mais adequadas ao enfrentamento da pandemia.

Para que o inquérito epidemiológico alcance os resultados desejados, a SMS pede apoio da população para atender os profissionais de saúde e, caso a pessoa seja escolhida, que realize o teste rápido

<strong>Subnotificação reduzida</strong>

Para ampliar a detecção do novo coronavírus em Itabira, a Prefeitura adquiriu anteriormente 10 mil kits de testes rápidos para covid-19, aprovados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Os testes são aplicados desde o mês de maio nas pessoas que apresentam quadro de síndrome gripal há mais de sete dias. A testagem é feita por profissionais da Vigilância Epidemiológica ou no Pronto-Socorro Municipal de Itabira no indivíduo notificado como suspeito da doença. “Aplicamos hoje entre 80 e 100 testes por dia. Aproximadamente 13% da população de Itabira já foi testada”, estima a secretária de Saúde.