Desde 1984
Região
18 de Junho de 2020
Após doze dias, Vale volta a operar em Itabira
A Vale conseguiu nesta quarta-feira (17) autorização para retomar suas atividades em Itabira. De acordo com a companhia, a autorização veio da Subsecretaria de Inspeção do Trabalho, o mesmo órgão que havia recomendado a interdição das minas do Cauê, de Conceição e de Periquito. A empresa aponta que o relatório da subsecretaria aponta que foram tomadas medidas de prevenção ao contágio do coronavírus entre os trabalhadores da empresa. Os trabalhos nas três minas serão retomados gradualmente.

Em 25 de maio, auditores da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego de Minas Gerais (SRTE-MG) inspecionaram as minas e constataram que havia risco de a Covid-19 se espalhar entre os funcionários da mineradora. Dois dias depois, o Ministério Público do Trabalho de Minas Gerais (MPT-MG) ingressou com uma ação no Tribunal Regional do Trabalho da Terceira Região (TRT3) pedindo a suspensão das operações das três minas da Vale em Itabira. No mesmo dia, a companhia conseguiu manter os trabalhos até 5 de junho, quando a liminar que permitia as operações foi derrubada. Em entrevista coletiva realizada no dia 9 de junho, o prefeito de Itabira, Ronaldo Magalhães (PTB) cogitou acionar a Justiça para garantir a volta das operações.