Desde 1984
Geral
31 de Março de 2020
AMM orienta prefeitos a manterem isolamento
Reprodução
Presidente da AMM, Julvan Lacerda
Do G1

Prefeitos e prefeitas das 853 cidades de Minas Gerais estão recebendo comunicado enviado pela Associação Mineira dos Municípios (AMM) com orientações para que todas sigam as regras da Deliberação nº 17 do Comitê Extraordinário Covid-19, do Governo do Estado, publicada no dia de 22 de março.

O encaminhamento ocorreu após reunião, por videoconferência, entre a diretoria da AMM e o ministro da economia, Paulo Guedes, no domingo (29). A entidade irá encaminhar ao governador Romeu Zema (Novo) um 'ofício solicitando providências sobre compensações com iminente queda do ICMS, firmeza no cumprimento do acordo dos repasses atrasados e mais estrutura e equipamentos para os municípios no enfrentamento do coronavírus', de acordo com nota publicada no site da associação.

A AMM, que vem atuando na esfera estadual (e nacional, em conjunto com a Confederação Nacional de Municípios (CNM) e com as demais entidades municipalistas estaduais), objetiva orientar os prefeitos mineiros. E também quer reivindicar medidas econômicas de auxílio aos municípios em meio à pandemia provocada pela Covid19.

<h2><strong>Preservar vidas</strong></h2>

A orientação da AMM é que os gestores tenham prudência no controle de fluxo de veículos, que, onde se optar por fazer barreiras, que sejam apenas de triagem e inspeção sanitárias. Durante a videoconferência, o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que 'o isolamento é prioridade para preservar vidas e, que, em uma segunda etapa, vem a preparação para uma abertura gradual dos setores da economia.'

De acordo com a nota publicada pela AMM, durante a reunião, o ministro falou sobre uma estimativa de três meses de isolamento social no combate ao vírus, mas pontuou que no prazo a economia pode entrar em colapso.