Desde 1984
Geral
24 de Março de 2020
Usina e Mina do Andrade reduzem atividades mas mantêm produção
A ArcelorMittal Monlevade restringiu as atividades para conter o coronavírus, tanto na Usina, quanto na Mina do Andrade. Apesar de não suspender a produção, a empresa divulgou um comunicado com as medidas a serem adotadas. As unidades locais seguem a orientação de todo o grupo ArcelorMittal Brasil.

Foi determinado que os funcionários não-essenciais trabalhem de casa e que eventos e cursos sejam cancelados. Viagens a trabalho também devem ser remarcadas. Para os empregados indispensáveis, deve ser respeitada a distância mínima de 1,5 metro. Ambientes de uso comum, como restaurantes, salas de reuniões e corredores, devem ser higienizados, e os ônibus de serviço circularão com ocupação reduzida. Campanhas de esclarecimento foram lançadas pela companhia. A determinação e baseada em recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS). Eventos e reuniões públicas também foram suspensos por tempo indeterminado.



Nas redes sociais, internautas questionaram quais medidas seriam adotadas pela empresa, argumentando que o fluxo de funcionários na porta da empresa era o mesmo de um dia normal. Também houve críticas sobre a condição de funcionários que precisam se deslocar em ônibus coletivos, expondo-se a riscos de contaminação.