Desde 1984
Região
13 de Março de 2020
Prefeito oferece 10 de reajuste e Câmara oferece 12 em São Gonçalo do Rio Abaixo
Arquivo JAN
Flavinho e Antônio em tempos mais amistosos

Na tarde desta sexta-feira (13), o prefeito de São Gonçalo do Rio Abaixo, Antônio Carlos Noronha Bicalho (PDT), enviou à Câmara dos Vereadores, dois projetos de lei, concedendo reajustes aos servidores. O Projeto de Lei Nº 2/2020, retrata a recomposição da inflação sobre o salário do funcionalismo equivalente a 4,01%. “Além disso, o Chefe do Executivo quer aumento real de 5,99%, totalizando 10% de reajuste aos vencimentos já a partir de março. O reajuste não contempla os cargos de secretários municipais, prefeito e vice-prefeito”, informa nota da Prefeitura.

Já o Projeto de Lei Nº 03/2020, dispõe sobre o reajuste no cartão alimentação a todo o funcionalismo público também em 10%, a partir deste mês. Em nota à imprensa, o prefeito Antônio Carlos pede urgência urgentíssima na aprovação das matérias e solicita ainda atenção especial do Legislativo para que os projetos sejam incluídos na pauta já da próxima reunião ordinária ou, até mesmo, em pauta extraordinária se for o caso. “Esse reajuste visa garantir que o poder de compra dos servidores se mantenha estável. São os servidores que contribuem diretamente no desenvolvimento e crescimento do município e merecem a devida valorização”, reconhece Antônio Carlos.

Na Câmara

Também nesta sexta-feira (13), o presidente da Câmara, Flávio Oliveira, o Flavinho Terra Branca (PDT) anunciou reajuste dos servidores da Casa e do cartão de alimentação em 12%. Em uma postagem com os dizeres, “Por que o servidor merece mais”, ele afirma que já na próxima reunião ordinária, serão apresentados os projetos de resolução que concedem os reajustes.

Em São Gonçalo do Rio Abaixo, o clima de “guerra declarada”, após racha entre o grupo político que tem como protagonistas o ex-prefeito Nozinho e o atual, Antônio Carlos. O presidente da Câmara, Flavinho Terra Branca, sinaliza apoio a Nozinho, que é pré-candidato a prefeito nas eleições deste ano. Já Antônio, apoia a ex-presidente da Câmara e atual secretária de saúde, Luciana Bicalho (PTB), também pré-candidata a prefeita.