Desde 1984
Esporte
28 de Fevereiro de 2020
Monlevadense é destaque em cenário de jogos virtuais
Um mundo virtual como um mundo real. Assim é o passatempo que o jovem monlevadense Gabriel Castro, de 17 anos, pretende transformar em profissão. O estudante do 3º ano do Ensino Médio é jogador de Minecraft, um jogo eletrônico virtual em que pessoas do mundo inteiro colaboram criando cenários, objetos e personagens reais ou fictícios “quadriculados” para diferentes universos, que podem ou não imitar a realidade.

Jogando desde os 9 anos de idade, Gabriel é um dos destaques nacionais na criação de jogos virtuais. Ele criou há dois um canal no YouTube, o yBrothers, que já possui 3,5 mil seguidores. Nele, Gabriel compartilha suas criações e troca experiências e opiniões com seus inscritos. Entre suas criações favoritas, estão animais, monstros e biomas, simulando o ambiente de uma floresta, um campo ou um deserto. Com um programa de computador, Gabriel consegue conceber, por exemplo, um dinossauro, e dar-lhe forma, cor e movimentos, além de inseri-lo no ambiente e determinar como ele se comportará. Através do YouTube, o desenvolvedor troca experiências e opiniões com seus inscritos, jogadores e outros criadores de conteúdo para a plataforma.

Atualmente, o Minecraft possui mais de 80 milhões de jogadores mundo afora. Para além do jogo, Gabriel aprecia o MineWorld, com proposta semelhante, o FreeFire e o Fortnite, que são jogos de tiro, e os clássicos Super Mario World e Sonic, sucessos absolutos dos anos 1980 e 1990. Segundo Gabriel, não somente os jogos para computador e celular estão em alta; os consoles conectáveis a um televisor permanecem com boas vendas, prevendo-se para o fim deste ano o lançamento do PlayStation 5, continuando uma exitosa franquia.

Uma crítica frequente aos videogames é o de que eles tornariam crianças e adolescentes agressivos. Gabriel pensa diferente. Ele considera que, apesar de que os jogos mais violentos possam ter influência em algumas pessoas, eles não são necessariamente a causa de comportamentos agressivos.

Em 2019, o mercado de jogos eletrônicos teve crescimento de 30% em relação ao ano anterior. Atualmente, o Brasil é o 13º maior mercado de jogos eletrônicos do mundo, e continua crescendo. Depois de completar o Ensino Médio, Gabriel pretende cursar a faculdade de Jogos Digitais, uma nova especialidade dedicada especialmente à concepção e produção de videogames. Esses cursos estão disponíveis em faculdades de Belo Horizonte, Vitória e São Paulo.