Desde 1984
Polícia
10 de Fevereiro de 2020
Polícia prende dois por assalto a república e continua procura por terceiro
Divulgação/PMMG
Tênis e relógio estavam com um dos presos.
A Polícia Militar prendeu, na tarde de domingo (9), dois autores de um roubo a uma república de estudantes, na madrugada do sábado em João Monlevade. Por volta da meia-noite, um grupo de três a quatro assaltantes invadiu a casa e rendeu o casal que estava lá. O rapaz de 20 anos e a moça de 19 foram amarrados, vendados e trancados em um quarto, enquanto os bandidos reviravam a casa e levavam três telefones celulares, um computador portátil, um televisor e várias peças de roupas.

As vítimas disseram que foram ameaçadas pelos marginais e que deveriam ficar amarradas no quarto até o amanhecer. Um dos assaltantes ficava o tempo todo com as mãos na cintura, embora não fosse possível ver se eles estavam armados.

Acionada, a PM logo iniciou a coleta de informações e a busca pelos ladrões. No dia seguinte, os militares de turno conseguiram prender um dos suspeitos, de 38 anos, que logo confessou participação no crime. O preso contou que, como mora próximo à casa dos estudantes, imaginava que a república estaria vazia àquela hora, mas o bando criminoso foi surpreendido com a presença do casal. Ele admitiu ainda que os objetos roubados foram transportados em um Volkswagen Gol preto por um indivíduo conhecido como “Pezão” e que seria morador do bairro Lucília.

O preso ainda indicou a participação de outro homem, de 35 anos, no assalto. Ele foi encontrado dentro de uma casa e, ao perceber que seria abordado, tentou fugir, saltando uma janela, mas caiu e foi capturado pelos policiais. Ao ser preso, ele calçava tênis Asics e um relógio de pulso que foram identificados pelas vítimas como objetos roubados da república. Os dois e os materiais roubados foram levados à Delegacia de Polícia Civil. A polícia mantém diligências para encontrar o terceiro envolvido.