Região
18 de setembro de 2018

32ª Cavalgada de São Gonçalo surpreende público

Elisângela Bicalho Acom PMSGRA

A 32ª cavalgada de São Gonçalo surpreendeu o público em pelo menos dois aspectos. Tradicionalmente realizada em abril, este ano o evento ocorreu nos dias 14 a 16 de setembro, no Parque de Exposições Edirlei Márcio Moreira Lacerda. A segunda novidade ficou por conta do show da cantora são-gonçalense Daniela Costa. Ela se apresentou pela primeira vez no município e a qualidade do show da artista da terra surpreendeu fãs e o público.
Com entrada gratuita todos os dias, a festa começou na sexta-feira, 14, com show de Matogrosso e Mathias. Apesar da chuva, o público prestigiou a dupla sertaneja que lidera as paradas de sucesso em todo o país. Após, o palco foi comandado pela banda Batuk Art.
No sábado (15), foi a vez da cantora são-gonçalense Daniela Costa comandar a festa. Acompanhada de sua banda, a artista apresentou um repertório eclético, com músicas autorais, hits sertanejos e até funk. ‘Profissionalismo’, ‘presença de palco’, ‘animação’, foram alguns dos adjetivos comentados pelos fãs após a apresentação. Durante o show, Daniela Costa não escondeu a emoção por se apresentar pela primeira vez em sua terra natal. Matheus Luccato sucedeu a apresentação de Daniela Costa e o cantor Kléo Dibah encerrou a noite com grandes sucessos sertanejos.

Homenagem Póstuma
A morte prematura de Emanuel, 9 anos, na véspera da Cavalgada, suspendeu o tradicional desfile de Cavaleiros que seria realizado no fim da tarde de sexta-feira. O garoto é filho de Aletuza Gomes, funcionária da Prefeitura. A presença de Emanuel nas festas da cidade foi lembrada no show de Daniela Costa e durante o concurso de Marcha com salva de palmas.

Concurso de Marcha
O tradicional concurso de marcha reuniu 108 animais de várias cidades. As provas foram julgadas pelo árbitro Breno Correa e Castro, de Belo Horizonte. No início das competições ele anunciou ao público atuar pautado pela imparcialidade e justiça. Os atributos dos equinos foram destacados pelo árbitro. “São Gonçalo continua referência em qualidade de animais e por isso a festa atrai competidores de várias cidades”, observou Castro.
Foram distribuídos R$22 mil em prêmios, com depósitos em dinheiro para os três primeiros colocados de cada categoria, sendo R$500 para o 1º lugar, R$300 para o segundo e R$200 para a terceira posição. Sorteio de R$1.500 premiou o Campeão dos Campeões e o vencedor foi o apresentador da categoria Trote. Mesmo valor premiou o 1º colocado da categoria Égua Sem Registro.