Brasil e Mundo
11 de setembro de 2018

Semana começa com nova oportunidade para tomar vacina contra sarampo e polio

Reprodução

DO ESTADO DE MINAS

Campanha de vacinação em Minas Gerais foi prorrogada até 14 de setembro. Estado alcançou apenas 66,79% de cobertura referente à faixa etária prioritária

A semana começa com mais uma tentativa de alcançar a meta de cobertura vacinal contra o sarampo e a poliomelite, em campanha que já passou por dois dias D, enquanto as notificações de suspeitas da enfermidade aumentam em Minas Gerais. O estado ainda não confirmou nenhum caso da enfermidade, mas as notificações de suspeitas aumentam a cada dia. Dados da Secretaria de Estado de Saúde (SES) mostram que 110 casos estão sendo investigados. No boletim divulgado em 30 de agosto havia 81 registros nessa situação.

Enquanto isso, a cobertura vacinal continua abaixo da meta e o estado decidiu prorrogar a campanha de vacinação até o dia 14. As doses estão disponíveis, gratuitamente, em todas as unidades do Sistema Único de Saúde (SUS). Depois de ter marcado para a quinta-feira passada o fim da campanha, a administração municipal também aderiu à ampliação para mais esta semana.

Minas Gerais alcançou apenas 66,79% de cobertura referente à faixa etária prioritária, conforme o boletim divulgado na quinta-feira. A meta é 95%. A capital também não conseguiu bater a meta de 95% do público-alvo (crianças de até 4 anos, 11 meses e 29 dias). Pelo balanço da campanha, de terça-feira, 86,5% das crianças foram vacinadas contra a pólio e 86% contra o sarampo. Pessoas de até 49 anos podem se vacinar.