Esporte
21 de agosto de 2018

Valério luta dentro e fora de campo para se manter no futebol mineiro

Divulgação
Equipe de Itabira luta para voltar à elite do futebol mineiro

A empresa Vale, de Itabira, negou recentemente o pedido de patrocínio do Valério Doce Esporte Clube, tradicional clube de futebol da cidade. A direção do clube luta para manter a equipe viva no futebol mineiro, onde já brilhou e enfrentou os grandes do estado, como Atlético-MG, Cruzeiro e América.
A negativa ao patrocínio foi dada em uma reunião dias atrás entre o gerente geral da mineradora em Itabira, Rodrigo Chaves, e o presidente do clube, Luiz Precata, que busca viabilizar a participação do clube no Campeonato Mineiro da Segunda Divisão de 2018, que já começou.
De acordo com informações do jornalista itabirano Marcos Caldeira Mendonça, do jornal O Trem Itabirano, a participação do Valério na Segunda Divisão do futebol mineiro está orçada entre R$350 mil e R$500 mil anuais, com despesas referentes a salários de jogadores e comissão técnica, alimentação, transporte, hospedagens, uniformes, exames médicos e taxas que devem ser pagas à Federação Mineira de Futebol (FMF) e à Confederação Brasileira de Futebol (CBF), entre outros gastos.
Ainda há informações de que o clube enfrenta dificuldades para habilitar o estádio Israel Pinheiro, em Itabira, para receber seus jogos, e o time irá mandar suas partidas em cidades vizinhas. A estreia do clube com mando de campo foi no Estádio Municipal de São Gonçalo do Rio Abaixo, contra o Montes Claros, com os portões fechados. A direção do clube alega que o Corpo de Bombeiros não aprovou alguns pontos e não liberou o estádio para receber partidas.
Em nota em sua página na rede social Facebook, a direção do clube afirmou que o "Valério é um orgulho imenso para todos os Itabiranos. Tradicional e merece respeito. Trabalhamos todos os dias para reverter os problemas que lá existem e não desistimos. Somos o lado positivo que Itabira merece, esporte e lazer. Formação de atletas e pessoas dignas. Que Deus ilumine o trabalho realizado e dê forças para seguirmos em frente Força Dragão".
Em abril, o clube contratou o ex-jogador do Grêmio, Vasco e Cruzeiro, Roberto Gaúcho, para ser o treinador do time profissional, alem do ex-atacante do Bahia, Palmeiras, São Paulo e Cruzeiro, Marcelo Ramos, como assistente técnico.
Apesar das dificuldades, o Valério está invicto na competição, com três vitórias em três jogos.