Policia
11 de maio de 2018

Mais um sequestro relâmpago assusta a cidade de Itabira

Divulgação
Materiais, dinheiro e a faca usada no crime foram apreendidos pela polícia

Médico do Hospital Carlos Chagas é vítima de bandidos

A população de Itabira se assustou com mais um caso de sequestro relâmpago ocorrido na cidade, o terceiro em pouco mais de uma semana. O crime ocorreu na noite da última quarta-feira (9) e vitimou um médico que atua no Hospital Carlos Chagas.
De acordo com informações da Polícia Militar, o homem foi rendido por três criminosos, um deles armado com uma faca, que anunciaram um assalto. Em seguida, o médico foi colocado no banco de trás do seu veículo, um Toyota Corolla e sofreu ameaças de morte com a faca encostada no pescoço.
Os bandidos seguiram até a estrada 105, próximo à Vila Amélia. No local, eles encostaram o veículo para colocar o médico no porta-malas, porém, ele conseguiu escapar e saiu correndo pela via, se deparando com uma viatura da Polícia Militar, que foi informada da ação criminosa.
Logo em seguida, os policiais iniciaram uma perseguição aos bandidos pela rodovia AMG-900. Um dos policiais militares efetuou disparos de arma de fogo nos pneus do veículo perseguido, o que obrigou os criminosos a parar. Eles desceram do veículo e ainda tentaram fugir a pé por um matagal, mas foram detidos. Entre os bandidos estavam um homem de 20 anos e dois menores, de 17 anos.
Os militares encontraram no interior do veículo o dinheiro roubado do médico, além de roupas, bonés dos criminosos e a faca usada no crime. Os materiais e os autores foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil do bairro Campestre, em Itabira.

Outros casos

O comando do 26º Batalhão da Polícia Militar de Itabira confirmou que um dos adolescentes apreendidos na noite de quarta-feira, após o sequestro do médico, também participou do sequestro relâmpago de uma dentista, ocorrido na cidade na semana passada. As ações criminosas foram iguais, com as vítimas sendo rendidas com uma faca no pescoço e colocadas no banco traseiro dos veículos.
Além do médico e da dentista, um engenheiro de Itabira também foi vítima do mesmo crime, praticado há pouco mais de uma semana. A PM também informou que o mesmo adolescente com envolvimento nos dois sequestros participou de um assalto a mão armada à lanchonete Tia Eliana, no ano passado. (Com informações de Átila Lemos e DeFato Online)