Você está em Notícia / REGIÃO /
Região
16 de abril de 2018
Exposição traz voz de Carlos Drummond de Andrade a Itabira
Reprodução
Será possível ouvir o poeta na mostra “Drummond: fala, fala, fala”
Uma exposição que reúne tecnologia e poesia, traz a Itabira, novamente, a voz de Carlos Drummond de Andrade, filho ilustre da cidade e maior poeta do Brasil. A partir da próxima quinta-feira (19), os admiradores da obra de Drummond poderão apreciar a exposição “Drummond: fala, fala, fala”. A realização conta com telefones, através dos quais, visitantes podem escutar versos, crônicas, poesias recitados pelo próprio poeta. Além disso, alguns diálogos do itabirano com a filha Maria Julieta, em sua própria voz, também serão reproduzidos.
A mostra é fruto de parceria entre o Governo Municipal, a Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade (FCCDA), a família de CDA e a equipe de robótica Drumonsters, da Universidade Federal de Itajubá (Unifei) – campus Itabira. Os estudantes adaptaram sistemas em seis aparelhos telefônicos originais que integram a exposição e que pertenceram ao poeta.
A exposição foi idealizada pelo neto de Carlos Drummond, Pedro Augusto Graña Drummond, herdeiro e curador de toda a obra do avô. A mostra ficará na Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade até o dia 15 de junho, com visitação de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h.
Os telefones estiveram pela primeira vez em Itabira no ano passado, durante o Festival Drummond. Na ocasião, foi realizada uma intervenção na avenida João Pinheiro com a participação de diversas pessoas. Ainda em 2017, a vice-prefeita Dalma Helena Barcelos da Silva, a superintendente da FCCDA Martha Mousinho Gomes Barbosa e integrantes da equipe Drummonters encontraram-se com Pedro Drummond em Ouro Preto, durante o Fórum das Letras, para acertar a parceria para a realização da mostra em Itabira.
No final de janeiro deste ano, o prefeito Ronaldo Magalhães e Dalma Barcelos receberam Pedro Drummond para discutir os detalhes da exposição no município. “O objetivo do evento é falar sobre a obra de Drummond e também sobre sua família de uma forma bem íntima”, declarou Dalma na época.
Durante a abertura oficial, o público contará com apresentações culturais e mesa-redonda.
Confira a programação:

Dia 19/04 (quinta-feira)
18h – Abertura da exposição “Drummond: fala, fala, fala”.
18h30 – Apresentação e demonstração do grupo Drummonsters.
19h30 – Mesa-redonda sobre o livro “Uma forma de saudade”, com Humberto Werneck, Otávia Senhorinha Müller de Andrade, Pedro Augusto Graña Drummond e Edmílson Caminha.
20h30 – Apresentação de “Uma forma de saudade”, pela Companhia Itabirana de Teatro.
LEIA TAMBÉM
 
Publicidade
Publicidade
31 3851-1791
Av. Rodrigues Alves, nº 78, República
João Monlevade/MG
NOTÍCIAS
OPINIÃO
OPINIÃO
SOCIAIS