Você está em Notícia / POLICIA /
Policia
7 de dezembro de 2017
Ladrões de celulares são presos em Monlevade
Reprodução
Em um dos assaltos, vítima foi golpeada com faca nos braços e costas
Na noite de ontem (6), por volta das 21h, uma mulher de 60 anos foi vítima de um assalto na avenida Wilson Alvarenga, na altura do bairro São Jorge, em João Monlevade.
A Polícia Militar foi acionada e, de posse das características do criminoso, deu início aos rastreamentos na região. Pouco depois, os militares abordaram um suspeito no bairro São Benedito, que foi reconhecido pela vítima e preso.
De acordo com os relatos da vítima, o autor, um jovem de 20 anos, a surpreendeu em um ponto de ônibus no momento em que ela esperava o transporte coletivo e resolveu utilizar seu aparelho celular para ligar para sua irmã. Ela relatou que o bandido exigiu que passasse seu celular e que, antes que ela entregasse o aparelho, o criminoso a golpeou com a faca, atingindo seus braços e suas costas e a jogando no chão, fugindo em seguida. Diante do acontecido, foi dada voz de prisão em flagrante ao autor.
A vitima foi socorrida e levada ao Hospital Margarida pelo Serviço Voluntário de Resgate (Sevor), sendo atendida e diagnosticada com dois cortes superficiais nas costas, um na mão direita e outro no braço esquerdo, sendo liberada em seguida.

Menor

Já na manhã de ontem (6), policiais militares apreenderam um menor de 16 anos, logo após receber, através do 190, informações sobre um assalto na rua Geraldo Miranda, em Carneirinhos.
De acordo com as informações, o menor, portando um simulacro de arma de fogo, juntamente com um comparsa, roubou os aparelhos celulares de uma jovem de 17 anos e de um rapaz de 19. De posse das características do autor, a polícia o abordou na rua Virgílio Lima, com a arma falsa na cintura.
As vitimas reconheceram o menor infrator, porém, os aparelhos celulares e o outro assaltante não foram encontrados.
LEIA TAMBÉM
 
Publicidade
Publicidade
31 3851-1791
Av. Rodrigues Alves, nº 78, República
João Monlevade/MG
NOTÍCIAS
OPINIÃO
OPINIÃO
SOCIAIS