Você está em Notícia / GERAL /
Geral
7 de dezembro de 2017
Chuvas causam alerta e preocupam monlevadenses
Divulgação
Barranco no bairro Estrela Dalva é um dos exemplos de pontos que levam receio a moradores
Com as chuvas que caíram em João Monlevade e região nos últimos dias, boa parte da população está apreensiva, em virtude das possíveis quedas de barrancos, cheias de rios e córregos, alagamentos, entupimentos de galerias de esgoto e bueiros e interrupção de vias.
Alguns leitores do A Notícia, inclusive, procuraram a redação do jornal durante essa semana para relatar sua preocupação e enviar fotos de locais que, segundo elas, podem estar em risco, como encostas e barrancos. Um exemplo é no bairro Estrela Dalva, onde parte de um barranco cedeu no início da semana e os moradores de uma residência próxima estão apreensivos.
Em vários pontos de Minas Gerais, os problemas trazidos pelas chuvas têm aumentado nos últimos dias. Um exemplo é a cidade de Rio Casca, que foi atingida por temporais que a deixaram isolada no início da semana, com desabamento de uma ponte e a interdição de uma rodovia. Abre Campo, Ponte Nova e Santa Cruz do Escalvado, na mesma região, também foram atingidas. No Médio Piracicaba, a cidade de Rio Piracicaba também sofreu com as fortes chuvas que atingiram o município na semana passada, que alagou diversas ruas e assustou moradores com fortes correntezas. A situação também é crítica na região metropolitana de Belo Horizonte.
Falando sobre o assunto, o presidente da Câmara Municipal de João Monlevade, Djalma Bastos (PSD), que também já foi secretário municipal de Obras, mostrou preocupação com a situação, alertando que João Monlevade não está devidamente preparada para um grande volume de chuvas. “Ainda não choveu em João Monlevade como em outras cidades e, principalmente, como chovia no passado. Fico preocupado porque a cidade não possui drenagem adequada e diques para escoar a água acumulada. Tenho receio de que Monlevade não esteja preparada para um período de chuvas muito fortes”, salientou Djalma.
O A Notícia procurou a coordenadoria da Defesa Civil em João Monlevade para saber quais ações estavam sendo feitas e qual é a atual situação do município, porém, o responsável pelo setor orientou que a reportagem acionasse a Assessoria de Comunicação da Prefeitura para tratar do assunto.
Acionada, a Assessoria de Comunicação do Executivo, através do assessor Will Jonny Nogueira, afirmou que a Defesa Civil do município está atenta e monitorando pontos mais críticos e vulneráveis da cidade, como as margens do rio Piracicaba, nos bairros Centro Industrial, Jacuí e Santa Cruz, trechos da avenida Wilson Alvarenga, partes do Residencial Planalto, canal da rua do Andrade e outros. “A Defesa Civil também criou o Nudec’s (Núcleos de Defesa Civil), com representantes em cada núcleo da cidade, que ajudam a monitorar e informar sobre riscos e problemas em todas as regiões do município”, afirmou. Segundo o Instituto Climatempo, a previsão é que chova em João Monlevade e região até o fim de semana.
LEIA TAMBÉM
 
Publicidade
Publicidade
31 3851-1791
Av. Rodrigues Alves, nº 78, República
João Monlevade/MG
NOTÍCIAS
OPINIÃO
OPINIÃO
SOCIAIS