Você está em Notícia / REGIÃO /
Região
10 de novembro de 2017
Prefeitura de Itabira dispensa mais de 300 terceirizados
Reprodução
A Prefeitura de Itabira rescindiu, nesta semana, o contrato com a prestadora de serviços Conservo, o que gerou a demissão de 302 funcionários terceirizados. A empresa atua em vários setores como faxina, portaria, motorista, entre outros. Ainda segundo a apuração, a iniciativa é parte de um pacote de medidas adotadas para conter gastos no Executivo. O prefeito da cidade vizinha, Ronaldo Lage Magalhães (PTB), concedeu entrevista coletiva na tarde da última quarta-feira (8) para apresentar a situação financeira do município. Segundo ele, foram “dez meses de muitas dificuldades”.
Ronaldo lamentou o rompimento do contrato com a Conservo e disse ter tentado um acordo com a tercei-rizada, mas não conseguiu. A Prefeitura deve R$7 milhões à empresa e metade desse valor veio do governo passado. Com o rompimento, segundo a equipe do petebista, haverá uma economia mensal de R$1,1 milhão. Outros cortes de pessoal devem ocorrer.
Durante a reunião da Câmara Municipal na última terça-feira (7), o líder do governo Allaim Gomes (PDT) falou sobre as medidas adotadas pela administração para conter o déficit orçamentário, incluindo a possibilidade de extinção de secretarias. O vereador ainda salientou que ocupantes de cargos comissionados também serão dispensados. A reportagem do A Notícia enviou questionamentos para mais detalhes sobre o assunto à assessoria da Prefeitura, porém, não obteve retorno até o fechamento desta edição. (Com informações DeFato Online).
LEIA TAMBÉM
 
Publicidade
Publicidade
31 3851-1791
Av. Rodrigues Alves, nº 78, República
João Monlevade/MG
NOTÍCIAS
OPINIÃO
OPINIÃO
SOCIAIS