Você está em Notícia / GERAL /
Geral
13 de outubro de 2017
Falta de materiais para odontologia é denunciada em reunião de conselho
Luiz Ernesto
Conselheiro não poupou o posto de críticas
A falta de luvas para atendimento odontológico na Unidade Básica de Saúde do Novo Cruzeiro foi debatida em reunião do Conselho Municipal de Saúde. A denúncia foi feita pelo conselheiro José Aureliano Souza, que afirmou ter recebido a reclamação de usuários do posto de que, na manhã de segunda-feira (9), atendimentos odontológicos foram suspensos por causa da falta das luvas. “Me disseram que uma criança chegou no posto chorando de dor de dente e não pôde ser atendida, pois não tinham luvas para o atendimento odontológico. Isso é um absurdo”, salientou.
Presente à reunião, o coordenador do serviço odon-tológico municipal, dentista Marcelo Guimarães, se manifestou e afirmou que o problema da falta de materiais acontece em virtude dos atrasos na entrega dos fornecedores da Prefeitura. “O problema acontece por causa dos fornecedores. A demanda por esses materiais é muito grande e com o atraso nas entregas, surge o problema, como no caso das luvas. Nesse caso, por exemplo, o material era para ser entregue na sexta-feira, dia 6, e não chegou”, respondeu.
Questionado pelos conselheiros sobre a situação, Marcelo afirmou que iria estudar a possibilidade de notificar os fornecedores que atrasarem as entregas e resolver a questão na administração municipal, já que as empresas passaram por processo de licitação e existem regras burocráticas a serem cumpridas.

Médicos

O problema da falta de médicos no posto de saúde do Novo Cruzeiro foi novamente debatido na reunião do Conselho. De acordo com José Aureliano, uma das especialidades que mais sofre com o problema é a pediatria, já que apenas uma médica atende cerca de 850 crianças da região. O conselheiro afirmou que um ofício solicitando informações sobre a contratação de novos médicos seria enviado à Secretaria Municipal de Saúde. As perguntas encaminhadas no ofício sobre os médicos seriam sobre quantos serão contratados, quais as especialidades e para qual unidade de saúde.


LEIA TAMBÉM
 
Publicidade
Publicidade
31 3851-1791
Av. Rodrigues Alves, nº 78, República
João Monlevade/MG
NOTÍCIAS
OPINIÃO
OPINIÃO
SOCIAIS