Você está em Notícia / GERAL /
Geral
8 de setembro de 2017
Petistas têm opiniões contrárias sobre Lula
Os vereadores do PT de João Monlevade divergem sobre a situação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, maior liderança do partido. Em depoimento ao juiz federal Sergio Moro, nesta quarta-feira (6), o ex-ministro da Fazenda e da Casa Civil Antonio Palocci, preso pela Operação Lava Jato, incriminou Lula na ação penal em que o petista é suspeito de ter recebido propinas da Odebrecht. O ex-ministro declarou ainda que Emílio Odebrecht colocou R$ 300 mi à disposição do ex-presidente no final de seu mandato, além de oferecer reforma de um sítio e a compra de imóvel para abrigar o instituto Lula, num “pacto de sangue”.
Enquanto Belmar disse que “não quer saber de Lula porque está focado em questões municipais”, Gentil Bicalho disse que a justiça deve investigar as delações e que Lula é vitima de um golpe para tirá-lo das eleições do próximo ano. “Acredito que Lula vai provar sua inocência”. O assunto repercutiu na Câmara Municipal, com os vereadores Sinval Dias (PSDB) e Guilherme Nasser (mesmo partido) condenando as ações do ex-presidente Lula. “Sempre falei que ele era o chefe da quadrilha e o procurador Rodrigo Janot afirmou isso”, disse Sinval. Já Nasser, disse que Lula roubou o país e que torce para ele ir preso.
LEIA TAMBÉM
 
Publicidade
Publicidade
31 3851-1791
Av. Rodrigues Alves, nº 78, República
João Monlevade/MG
NOTÍCIAS
OPINIÃO
OPINIÃO
SOCIAIS