Você está em Notícia / REGIÃO /
Região
13 de janeiro de 2017
Debaixo de chuva, o tormento pela identidade
Leitor do A Notícia entrou em contato com o jornal para denunciar o descaso com quem precisa emitir a carteira de identidade em João Monlevade. Por volta das 5h30 desta sexta-feira (13), várias pessoas estavam na porta do posto de identificação da Polícia Civil, no bairro Rosário, esperando debaixo de chuva a abertura da unidade, às 8h30. Algumas delas, disseram estar na fila desde as 3h30, com chuva forte e frio, para fazer o documento obrigatório de identificação.
Todas as sextas-feiras, são distribuídas 80 senhas para agendamento no posto de identificação, e os solicitantes devem voltar na semana seguinte para fazer o documento. O serviço de emissão dos Registros Gerais da Câmara Municipal, inaugurado em 21 de novembro, foi suspenso no início de janeiro por conta de obras no prédio e somente deve voltar a funcionar no fim do mês. Mesmo assim, o serviço já enfrenta críticas, pois o agendamento é feito exclusivamente por telefone das 9 às 11 horas, e , por diversas vezes, as ligações não são atendidas. Somadas, as duas unidades emitem cerca de 700 carteiras de identidade mensais, número que se mostra insuficiente para a demanda da cidade. O delegado regional da Polícia Civil, Alberto Gomes, não foi localizado para comentar o caso.
LEIA TAMBÉM
 
Publicidade
Publicidade
31 3851-1791
Av. Rodrigues Alves, nº 78, República
João Monlevade/MG
NOTÍCIAS
OPINIÃO
OPINIÃO
SOCIAIS