Desde 1984
Região
4 de outubro de 2019
Cerveja Prussia agora será vendida também em lata
Reprodução
A Prussia, primeira cervejaria da região, localizada em São Gonçalo do Rio Abaixo e que tem como sócios Fernando Cota, os irmãos monlevadenses Douglas e Railton Vidal, além do cervejeiro Michel Vidal, agora aposta em venda de cerveja em latas. Até então, a marca trabalhava, principalmente, com a comercialização de barris de chope.
Agora, a nova aposta é para ganhar outros mercados. Para isso, a Prussia está investindo R$900 mil na compra de maquinário de envase, além de ampliação física da fábrica, que passará de 367 metros quadrados para 500 metros quadrados. A expectativa é de que a cervejaria aumente a produção em 20% ainda este ano, em relação a 2018, chegando a 33 mil litros por mês.
Ao jornal Diário do Comércio, o diretor-executivo da cervejaria, Fernando Cota, explicou que a mudança de estratégia segue a meta da empresa, que é crescer com mais rapidez em Minas Gerais. Com o aumento de produção, a marca atingiria outros mercados, como a Zona da Mata mineira e o Campo das Vertentes. Ele também não descarta o envio para outros estados.
O executivo explicou que a Prussia Bier já produzia seis estilos de cerveja em garrafa, mas se tratava de uma linha enxuta: cerca de 2 mil caixas por mês (24 mil garrafas). A ideia, agora, é ampliar essa produção. O diretor afirma que a nova estratégia também deve levar ao lançamento de estilos de cerveja. Ele acredita que mais quatro serão lançados para o envase em garrafa, chegando a 10 tipos nessa embalagem até janeiro de 2020. (Com informação do Diário do Comércio)