Desde 1984
Geral
9 de agosto de 2019
Marido da prefeita critica dentistas da Prefeitura
Arquivo JAN
ônibus com dentistas é usado pelo Governo Simone
O ex-prefeito e marido da atual prefeita Simone Carvalho (PSDB), Carlos Ezequiel Moreira, fez duras críticas aos dentistas da Prefeitura de João Monlevade em seu programa na rádio educativa Global, na manhã de sexta-feira, 2 de agosto. Ele acusou os profissionais do Cresb (Centro de Referência em Saúde Bucal) de não trabalharem e atenderem mal à população e deu “graças a Deus e à prefeita” por ter extinto aquela unidade de atendimento odontológico.
Moreira contou que uma dentista amiga sua lhe disse que os profissionais iam lá, mas não faziam nada. Ele é a primeira pessoa ligada ao governo a sinalizar que a má atuação da equipe de dentistas foi responsável pelo fechamento do Cresb que, até então, segundo a própria prefeita e sua assessoria, tinha sido fechado há um ano apenas para reforma e que suas atividades seriam retomadas. O marido ainda elogiou a prefeita esposa pelo retorno do ônibus da Saúde, que já teria atendido mais de 3 mil pessoas nos últimos dois anos e estaria suprindo a função do setor especializado que foi fechado e não fazendo falta alguma.
Na realidade, o ônibus a que se referiu Moreira nada mais é que velho veículo abandonado há anos pela Fundação Gemin Loureiro, proprietária da emissora de rádio que ele comanda. Trata-se de um veículo tirado do transporte de passageiros devido sua idade e precariedade de conservação, o que demanda constante manutenção e foi rejeitado pelos médicos para atendimento ambulatorial. Apenas quatro dentistas aceitaram se revezar na utilização do veículo para procedimentos simples como curativos, mesmo assim ficaram parados algumas vezes por falta de material, inclusive luvas. Os demais dentistas foram distribuídos para os postos de saúde.
A crítica de Carlos Moreira aconteceu durante entrevista com a secretária de Saúde, Andrea Peixoto, que em momento algum defendeu os profissionais dentistas de sua equipe. Ela também elogiou o ônibus da Saúde e anunciou que a prefeita Simone Carvalho vai colocar mais dois ou três ônibus nas ruas ainda neste ano, sem especificar, no entanto, se serão veículos descartados para utilização em outras atividades ou se a Prefeitura de João Monlevade comprará ônibus novos e adaptados. No final da entrevista, o ex-prefeito ainda criticou o serviço do Centro de Especialidades Odontológicas e recomendou à secretária uma conversa com Gil Ney, coordenador da área, para que ele tome providências para melhorar o atendimento. A Notícia conseguiu apurar que o fluxo no atendimento na unidade está prejudicado porque o cirurgião dentista especializado pediu demissão e o profissional concursado ainda não foi chamado pela Prefeitura para ocupar a vaga.
Em ocasiões anteriores enquanto prefeito, Carlos Moreira fez críticas aos médicos monlevadenses e denunciou o que considera “máfia de branco”. No início de junho desde ano, ele acusou a ArcelorMittal de ser uma empresa irresponsável com Monlevade por causar danos em vias públicas e não recuperá-las.