Desde 1984
Região
9 de agosto de 2019
Itabira paga R$1,5 milhão a secretários e a vice
Divulgação
Enquanto secretários recebem média de R$107 mil, cidadão protesta em sua moto as demissões em Itabira.
A Prefeitura de Itabira pagou quase R$1,5 milhão a 15 secretários e também à vice-prefeita, Dalma Barcelos (PDT) no mês de julho, como diferença salarial retroativa ao início do governo. Na época, eles abriram mão do reajuste por recomendação do Ministério Público. No mês passado, porém, a Justiça considerou o aumento legal e o prefeito Ronaldo Magalhães (PTB) decidiu pelo imediato pagamento de média de R$107 mil para cada um dos assessores diretos. No mesmo ano, ele negou aumento salarial aos servidores públicos e demitiu mais de 150 trabalhadores da Empresa de Desenvolvimento de Itabira (Itaurb) sob alegação de falta de recursos. O caso gera grande repercussão em Itabira.