Policia
7 de junho de 2019

Operação da PM apreende armas, drogas e prende suspeitos em Monlevade e região

Divulgação PMMG
Material apreendido com casal no Loanda


A Operação Alferes, realizada pela Polícia Militar em todo o estado de Minas Gerais, terminou às 6h desta sexta-feira (7). A ação durou 24h e envolveu todo o efetivo das unidades policiais. Na região, os militares da 17ª Cia Independente apreenderam armas, drogas e prendeu suspeitos de práticas criminosas, além de cumprir mandatos de busca e apreensão.

Em João Monlevade, um casal foi preso por tráfico de drogas na rua 36, no bairro Loanda. Um homem de 20 anos e uma mulher de 28 anos foram detidos na madrugada de sexta-feira (7). Após monitoramento, os militares constataram grande movimento de pessoas numa casa da rua. Segundo a PM, os indivíduos eram recebidos pela mulher que, do lado de dentro, entregava a droga, repassada pelo homem. Os entorpecentes estavam escondidos no fundo da casa.

Os militares entraram no local e flagraram um homem de 34 anos comprando uma pedra de crack. No momento que os militares entraram no interior da casa para efetuar a abordagem ao casal, foi percebida a utilização de descarga sanitária. Provavelmente, para dispensar entorpecentes
Segundo o suspeito, a droga foi comprada em Betim e ele alegou ter vendido toda a carga. Foram apreendidos com ele, R$ 531,70 proveniente do comércio dos entorpecentes, uma garrucha, dois aparelhos celulares e uma pedra de crack. O casal e o homem que comparava as drogas foram levados para a Delegacia de Polícia Civil de João Monlevade.

Em Nova Era, a PM também prendeu um casal por suspeita de envolvimento com o tráfico. Os dois estavam na Fazenda das Palmeiras, no bairro Capelinha. Com eles, os militares aprenderam R$ 881,00, 15 papelotes de cocaína, uma bucha de maconha, três chips, três celulares, seis estojos calibre 22 deflagrados, uma máquina fotográfica com bolsa, duas tesouras e um relógio.
Em São Gonçalo do Rio Abaixo, na quinta-feira (6), por volta das 7h45min, foi preso um homem de 53 anos e apreendidas duas armas de fogo, dez munições de calibres diversos, pólvora, espoletas, esferas de chumbo e outros materiais.

Outra região
Na área do 26º BPM, que abrange os municípios de Itabira, Barão de Cocais, Santa Bárbara, São Gonçalo do Rio Abaixo, Bom Jesus do Amparo, Catas Altas, Santa Maria de Itabira, Ferros, Carmésia, Passabém e Itambé do Mato Dentro, foi realizado o empenho maciço do efetivo em abordagens, blitze de trânsito, cumprimento de mandatos de busca e apreensão, dentre outros. A operação resultou na prisão/apreensão de 11 pessoas e de oito armas de fogo. Também foram apreendidas 66 munições e 101 substâncias ilícitas relacionadas ao tráfico de drogas.

A operação
Militares das sete unidades operacionais da 12ª Região de Polícia Militar, com sede em Ipatinga e que comanda todos as unidades policiais do Médio Piracicaba, além de outros 80 municípios mineiros, participaram da Mega Operação Alferes, que foi realizada, para proporcionar uma maior sensação de segurança e repressão contra os crimes violentos. Foi empregado um efetivo de 1249 militares e utilizadas 413 viaturas.
Em 24 horas, foram realizadas 520 operações nos 97 municípios, que compõe a área territorial da Região. Essas intervenções tiveram o objetivo de prevenir e coibir o porte ilegal de arma de fogo, além do tráfico de drogas, furto e roubo de veículos. Segundo a PM, a apreensão de armas de fogo merece destaque, já que foram retiradas de circulação 46 armas, o que corresponde a 21% dos armamentos apreendidos em todo o Estado, nessa operação. Aos suspeitos, foi dada voz de prisão em flagrante e eles foram conduzidos para as delegacias competentes.