Desde 1984
Geral
13 de maio de 2019
Confirmado: mulher morreu por H1N1
Reprodução/Facebook
Giselda Santos faleceu por H1N1 após 16 dias de internação no HM
A gripe H1N1 fez sua primeira vítima do ano em João Monlevade. A assessoria de Comunicação da Prefeitura confirmou que Giselda Santos, que morreu ao meio-dia da última quarta-feira (8), no Hospital Margarida, foi vítima da Influenza A. Moradora do bairro de Lourdes, Giselda ficou internada no HM por 16 dias. Ela havia feito aniversário no dia anterior, e era conhecida pela sua participação na ONG Cãopanhia do Bem, que recolhe animais abandonados na cidade. No perfil de Giselda no Facebook, várias pessoas lamentaram a morte da defensora. Ainda segundo a assessoria, não há outros casos suspeitos ou nem confirmados de H1N1 em João Monlevade.