Policia
10 de maio de 2019

MP instaura inquérito para apurar suposto abuso de vereador

itabiranet.com
itabiranet.com Vereador Reginaldo das Mercês foi acusado de assédio por funcionária da Câmara

A 1ª Promotoria de Justiça do Ministério Público de Itabira instaurou um inquérito para investigar o suposto crime de importunação sexual praticado pelo vereador Reginaldo das Mercês Santos (PTB), dentro da Câmara Municipal contra uma funcionária do local.
O inquérito de número 0317.19.000417-4 foi instaurado pelo promotor de Justiça Renato Ângelo que, no dia 2 de maio, providenciou um requerimento de diligência para apurar os fatos. O vereador, além do crime de importunação sexual, poderá se indiciado por improbidade administrativa prevista no artigo 11 da Lei 8.429/92.
O vereador Reginaldo das Mercês, de 46 anos, foi acusado de ter dado um tapa nas nádegas de uma funcionária da Câmara Municipal de Itabira no mês de abril. A vítima procurou a Polícia Militar para registrar a ocorrência.