Geral
15 de março de 2019

Veículos doados por Nozinho ainda não foram entregues ao Sevor

Reprodução

Prefeitura alega impedimento em convênio e carros estão há quase um ano na Secretaria de Obras

O Serviço Voluntário de Resgate (Sevor) de João Monlevade ainda espera receber, por parte da Prefeitura, dois veículos, uma ambulância e um carro de resgate, doados pelo Governo de Minas por intermédio do ex-deputado estadual Raimundo Nonato Barcelos, o Nozinho (PDT), no ano passado. Os carros foram repassados para a Prefeitura de João Monlevade, em benefício do Sevor, em acordo com o então deputado e a prefeita Simone Carvalho (PSDB).
O deputado quis repassar para a entidade a quantia de R$100 mil por meio de emenda parlamentar, para ajudar no custeio da construção de sua nova sede. Porém, o Governo do Estado não pôde repassar os recursos porque a obra não é realizada em terreno próprio do Sevor, mas em área cedida pelo município. Para que os socorristas não perdessem o recurso, o deputado indicou a doação de dois veículos para resgate.
Porém, como o prazo para doar carros para entidades já havia passado, na época, foi firmado um compromisso para doá-los para a Prefeitura de João Monlevade, que os cederiam ao Sevor. “Entretanto, apenas quando os veículos foram encaminhados ao Município juntamente com o termo de doação do Governo do Estado, é que se teve conhecimento de que os carros vieram gravados (impossibilitados) de qualquer tipo de empréstimo ou de doação, sob pena de ter que devolvê-los para o Governo do Estado”, explicou a Prefeitura após questionamento do A Notícia.
Em conversa com o jornal na tarde de quarta-feira (13), o ex-deputado Nozinho afirmou que algo pode ser feito para solucionar a questão e entregar os carros ao Sevor, como a elaboração de um projeto de lei de cessão de uso. O presidente do Sevor, Renato Carvalho, afirmou que a entidade espera receber os carros, que serão úteis nas ações dos socorristas. Ele disse que já enviou ofícios ao município, buscando a liberação dos veículos. No entanto, sem sucesso. A Prefeitura afirmou que não vai devolver os veículos ao estado, “mas que irá usá-los em prol da população, uma vez que foram doados para o Município”.

Outro veículo

Durante a inauguração da sede do Sevor, no dia 22 de fevereiro, a prefeita Simone Carvalho afirmou que o município vai doar um carro para o Sevor até o próximo mês. De acordo com a Assessoria de Comunicação, trata-se de um veículo adquirido pelo Município, via licitação (diferentemente dos outros dois, os quais foram repassados pelo Governo do Estado), com verba de emenda parlamentar do deputado Tito Torres (PSDB).