Brasil e Mundo
7 de janeiro de 2019

Caminhão-guindaste tomba e ameaça interditar parte da Via Expressa, em Betim

Reprodução

DO ESTADO DE MINAS

Equipamento pesado era usado para içar vigas de concreto na montagem de uma passarela que é construída na via. Bombeiros e empreiteira trabalham para resolver o caso

Um caminhão-guindaste telescópico tombou entre o canteiro e a pista central da Via Expressa, ameaçando interditar a estrada caso tombe para dentro da parte de circulação. Não há interdição, uma vez que as duas pistas centrais já tinham sido fechadas para as obras de instalação de uma passarela, onde o guindaste era empregado.

O equipamento pesado tombou por volta das 13h deste domingo (6), na altura do número 5.000, da Via Expressa, no Bairro Duque de Caxias, em Betim (Grande BH). O operador do veículo não ficou ferido. Trata-se de uma máquina pesada, com cinco eixos, que ficou praticamente em pé, apoiada sobre as vigas de concreto da passarela, tendo o guindaste estendido servido de contra-peso.


De acordo com os Bombeiros, a Tranpes, empresa responsável pelo equipamento ficará responsável por retirar o caminhão-guindaste da estrada. As Vias Marginais na Via Expressa estão liberadas.