Geral
7 de dezembro de 2018

Situação de canal e barranco deixa população em alerta no República

Divulgação

A situação do canal rompido e de um enorme barranco no fim da avenida Rodrigues Alves, no bairro República, chama a atenção de moradores da região e acende um alerta de perigo, já que, segundo moradores, há deslizamentos de terra no local.
O canal se rompeu há cerca de um ano, no período chuvoso, e abriu uma enorme cratera, além de destruir o fim da avenida e uma pequena via, que ligava a avenida à rua Marechal Floriano Peixoto.
Atualmente, as obras estão paradas e a enorme cratera está muito próxima de imóveis na região. De acordo com os relatos, com as chuvas dos últimos dias, o barranco cedeu ainda mais. O ex-vice-prefeito e ex-vereador Wilson Bastieri, que reside nas proximidades do local, demonstrou preocupação com a situação. "Da minha casa observo as obras, que já acontecem há um ano, porém, parecem estar paradas. Ouvi um estrondo neste domingo e ao chegar pela janela, vi que parte do barranco cedeu. Há um imóvel muito próximo do canal e do barranco. Algo deve ser feito, pois ainda teremos muitas chuvas neste período", alertou.
Questionada sobre o assunto, a Prefeitura de João Monlevade, através de sua Assessoria de Comunicação, informou que a Defesa Civil realizou uma vistoria no local na última segunda-feira (3).

Alerta

A Defesa Civil de Minas Gerais emitiu, na última segunda-feira, um alerta nas cores laranja e vermelho para a região de João Monlevade e Bela Vista de Minas. O aviso alerta para a possibilidade de deslizamento de terra em até 48 horas, em algumas áreas, devido ao grande volume de chuva que cai sobre a região e provoca o encharcamento do solo.
Em João Monlevade, a coordenação da Defesa Civil repassou o alerta aos plantonistas que atuam na cidade. De acordo com o órgão, quando chove acima de 50 mm em dois dias ou 70 mm em três dias, o solo fica saturado e a grande quantidade de água infiltrada pode gerar os deslizamentos de terra.
O alerta vermelho está voltado para a região do Cruzeiro Celeste e o trecho da BR-381 entre João Monlevade e Bela Vista. As demais áreas do município estão com alerta laranja.
A população que vive próxima de encostas deve ficar atenta e observar se árvores, postes ou muros estão com alguma inclinação anormal nos terrenos. Rachaduras, trincas ou saliências no chão e nas paredes também devem ser vigiadas com atenção.
Se alguns desses sinais forem constatados, a orientação é para as pessoas saírem imediatamente do local e procurar abrigo em lugares sem perigo de deslizamento. A Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros devem ser comunicados imediatamente para realizar uma avaliação da área. O cidadão pode entrar em contato através do telefone 3852-8100, ramal 29, das 7h às 11h e das 13h às 17h ou pelo número 98766-4697, com plantão durante 24 horas.