Geral
30 de novembro de 2018

Matriz de Conceição do Mato Dentro será reaberta em celebração da cultura barroca

Reprodução

A cultura barroca mineira será celebrada, nos dias 7 e 8 de dezembro, em Conceição do Mato Dentro. Durante os dois dias, a cidade receberá a primeira edição do Oratório do Verbo Barroco, evento de imersão cultural que reunirá literatura, arquitetura, devoção popular e música em um só lugar. O ponto alto será a reabertura da Matriz de Nossa Senhora da Conceição, erguida nos primeiros anos do século XVIII e que passou 15 anos fechada ao público.
O Seminário Alphonsus de Guimaraens e a Devoção Mariana, que abre a programação do Oratório Verbo Barroco, acontece ao longo do dia 7 de dezembro. O encontro reunirá especialistas na obra do poeta simbolista, cujo principal trabalho, o “Setenário das Dores de Nossa Senhora”, publicado originalmente em 1899 – ou seja, há quase 120 anos -, acaba de ser relançado pela Casa Sol Invictus. As inscrições podem ser feitas pelo Sympla e são gratuitas para as 50 primeiras pessoas.

Nascido em Ouro Preto e tendo vivido também em Conceição do Mato Dentro e Mariana, Alphonsus de Guimaraens é considerado, por estudiosos, o maior poeta espiritualista cristão em Língua Portuguesa. Para falar sobre sua vida e obra estarão presentes Moysés Maltta, editor de “Setenário das Dores de Nossa Senhora” e coordenador do projeto; Roberto Mallet, professor do Departamento de Artes Cênicas da Universidade de Campinas (Unicamp); Eduardo Veras, doutor em Literatura e autor de “O oratório poético de Alphonsus de Guimaraens: uma leitura do Setenário das Dores de Nossa Senhora”; Afonso Henriques Neto, neto de Alphonsus de Guimaraens, professor, doutor em Comunicação e poeta; e Rosângela Veiga Domingues, coordenadora da obra de restauro realizada na Matriz.
O encerramento do Seminário contará com o Concerto Mariano, apresentado pelo trio formado pelo maestro e violoncelista João Omar, o cantor Elton Becker e o violonista Petrônio Joab, de Vitória da Conquista (BA). Eles se apresentam na Capela de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos. Na mesma data, haverá a solenidade de lançamento da nova edição do “Setenário”, considerada a obra magna do poeta, e a abertura da Exposição Colaborativa de Oratórios de Conceição do Mato Dentro, composta por peças artesanais cedidas pelos moradores da cidade, na Casa de Cultura (Praça João Paulo, 7).
Tradição
No sábado, 8 de dezembro, o foco do Oratório do Verbo Barroco será a participação na tradicional Festa de Nossa Senhora da Conceição, que, este ano, festejará os 315 anos da chegada da imagem da santa na cidade e os 316 anos de história de Conceição do Mato Dentro. O evento promoverá a apresentação do Coral Cidade dos Profetas, de Congonhas, considerado um dos principais grupos artísticos do país que executa, difunde e perpetua este legado musical do passado colonial mineiro, em duas oportunidades.
Na primeira, no Santuário do Senhor Bom Jesus de Matozinhos, o grupo interpretará peças marianas de Lobo de Mesquita e de mestres compositores da Música Sacra Colonial Brasileira. Lobo de Mesquita, nascido no Serro, é considerado o mais eminente dos compositores da “Escola Mineira”. Na sequência, haverá a procissão solene de traslado da imagem de Nossa Senhora da Conceição para a Matriz restaurada. À noite, já oficialmente aberta ao público, a Matriz de Nossa Senhora da Conceição receberá a peça Missa em Fá Maior, também composta por Lobo de Mesquita, em interpretação do Coral Cidade dos Profetas.